Assinatura Eletrônica: por que você precisa utilizá-la, corretor de seguros?

Os papéis e canetas estão cada vez mais dando espaço para os aplicativos e plataformas digitais nos quais o trabalho braçal é cada vez menos utilizado.

E uma das grandes inovações do mundo digital é justamente a assinatura eletrônica. Você sabe o que é isso?

Muitas pessoas acreditam que assinatura eletrônica é a mesma coisa que assinatura digital, mas não é. Veja a diferença entre elas.

O que é a Assinatura Eletrônica?

A assinatura eletrônica é uma ferramenta muito utilizada de diversas formas para confirmar que seu autor está ciente e concorda com o texto escrito num documento de formato eletrônico.

O termo assinatura eletrônica inclui qualquer forma de comprovar a aceitação de algo para posterior checagem. Isso é normalmente feito por algoritmos (mecanismos eletrônicos) que geram logs (registros de eventos) comprovando a autenticidade da assinatura.

Dessa forma, esse termo substitui aquela famosa rubrica representada graficamente quando assinamos manualmente uma folha de papel.

Tipos de Autenticação Eletrônica

Como dissemos anteriormente, existem diversos formatos eletrônicos para evidenciar e validar a autoria da assinatura. As principais são:

Assinatura digital ICP-Brasil – Através dos meios eletrônicos, é enviada uma mensagem com o certificado digital possibilitando a validação segura do autor.

Sinal eletrônico É uma assinatura manuscrita ou até mesmo uma rubrica. Com o auxílio de gadgets, é possível autenticar a autoria da assinatura, porém sem a coleta de biometrias.


Biometrias
Reconhecimento facial, palmar e impressão digital.

Aceitação eletrônicaA caixa de checkbox é outra importante ferramenta digital na qual, com um clique, você aceita os termos propostos.

SenhaÉ a boa e velha senha normalmente utilizada em sistemas, smartphone, e-mail, celular, etc.
Existem várias ferramentas para validar a autoria das assinaturas, mas o objetivo é sempre o mesmo: comprovar a autenticidade por meio de evidências de autoria para posterior consulta, sempre comprovando a veracidade do documento e negócio jurídico nele contido.

O que é a Assinatura Digital?

A assinatura digital é apenas mais um tipo de assinatura eletrônica. Em outras palavras, toda assinatura digital é eletrônica, mas nem toda assinatura eletrônica é digital. Isso porque a assinatura eletrônica não é uma cópia da versão manuscrita ou aceite (assinatura tradicional).

A assinatura digital é usada em todos os documentos e transações assinadas com um certificado digital gerenciado.

No Brasil, a expressão assinatura digital é fiscalizada pelo órgão oficial regulador e fiscalizador, ICP-Brasil, o que traz mais confiabilidade para o documento.
Por motivo de segurança, os certificados digitais devem utilizar um tipo específico de criptografia padronizado internacionalmente. Na prática, é um conjunto de arquivos com códigos matemáticos, “expressos por meio de um par de chaves criptográficas praticamente invulnerável”.

Todo esse sistema de segurança torna seguro qualquer documento assinado digitalmente. É praticamente impossível de fraudar. Isso ocorre porque os conjuntos de códigos correlacionados são embaralhados e se tornam indissociáveis e autoverificáveis por meio de softwares assinadores. Tudo isso para elevar ainda mais o nível de segurança já existente.

Como você percebeu, é uma tecnologia extremamente segura, praticamente inviolável e, mais que isso, ao final do processo, é gerado um certificado de assinaturas no qual ficam registradas todas as assinaturas e eventos. O certificado é um documento importantíssimo, pois traz mais transparência e confiabilidade para a operação e para todos os envolvidos.

Benefícios para as empresas que utilizam esse mecanismo

1. Facilita processos internos

Com o processo todo digitalizado, evita-se impressão de papéis e arquivos físicos, facilitando o fluxo da documentação. Isso ajuda a evitar erros e falhas operacionais, o que diminui o custo e aumenta a lucratividade da corretora, além de mostrar para o seu cliente que você é uma corretora moderna e atualizada em relação às demandas do mercado.

2. Melhor atendimento ao cliente

Com a assinatura eletrônica, além de você causar uma ótima impressão, vai oferecer praticidade para seus clientes. Isso, com certeza, ajudará a fidelizá-los e representará um grande ganho perante os seus concorrentes.

3. Mais segurança

A assinatura eletrônica dá segurança às transações, pois a autenticação de documentos é diferente dos demais meios eletrônicos devido ao uso da criptografia, que garante alto nível de segurança.

4. Possibilidade de atender o cliente à distância

O processo digital permite aumentar seu campo de atuação e torna possível atender novos clientes nos extremos do país, da mesma forma e agilidade que você atende seus clientes que estão no mesmo bairro que você. E, o melhor, é que permite que você evite deslocamentos desnecessários, o que aumenta a rentabilidade da sua corretora.

5. Menor possibilidade de perda de informações durante o processo

Com a crescente automatização dos processos, a ação direta do ser humano diminui e também o risco de apagar ou subscrever informações importantes, além de possibilitar backups para reforçar a segurança das informações.

6. Automação

Para quem pretende otimizar o tempo e aumentar a produtividade de sua equipe, a automação de processos não é mais uma opção e sim uma obrigação. Caso contrário, em breve não terá mais espaço no mercado.

Muitos corretores ainda têm medo do mundo virtual, pois acham que é um ambiente inseguro, mas não é. Essa tecnologia é extremamente segura e praticamente inviolável. Ao final do processo, é gerado um certificado de assinatura no qual ficam registradas todas as assinaturas e eventos.

Esse documento é fundamental para trazer mais transparência e confiabilidade para todos os envolvidos na contratação da apólice.

Outro ponto importante é que, atualmente, a assinatura eletrônica tem valor jurídico e, caso seja necessária a execução do contrato, é preciso ir até o cofre (digital) e fazer um download, imprimir e anexar o documento aos autos.

6 Responses

  1. É muito interessante este assunto. Mas, precisamos evoluir. Temos alguns clientes com pouco ou quase nenhum conhecimento digital. E os mecanismo de coleta de assinatura são ágeis na relação Seguradora/Corretor. Mas Corretor/Cliente ainda fica a desejar. Precisamos de ferramentas praticas e automática. Por exemplo: a “DIS”, muitas vezes tem a assinada apenas pelo Corretor, que precisa confiar na conversa que teve com o cliente. Pois é difícil e pouco operacional enviar o formulário em PDF, o cliente imprimir assinar e devolver. Precisamos melhorar essa rotina.

  2. Muito bom.. algumas congeneres ja atuam dessa forma. melhora o atendimento tanto do corretor como do nosso segurado.

  3. estamos de acordo com o sistema digital. Sempre existe duvidas, na contratação!!

  4. Carlos Ruy da Silva disse:

    Sem dúvidas esse é o caminho da evolução. Trocarmos os papéis impressos por arquivos digitais. Parabéns!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Confira também estes outros conteúdos: